Sonangol vende participações em prestadoras de serviços


A Sonangol vai alienar a participações em 9 empresas de referência na prestação de serviços à indústria petrolífera, tendo lançado os concursos públicos que colocam o final de Maio como o prazo para entrega de propostas.

Segundo o Jornal Expansão, fruto da sua decisão de abandonar actividades não core para se focar na exploração e produção, a petrolífera nacional colocou no mercado as participações de 30% na Petromar, na Sonadiets limitada e na Sonadiets Service, de 40% na Sonamet Industrial, e na Sonacergy, 51% na Sonatide Maritime e Sonatide Limitada, de 33% na SBM Shypiard e 10% na Paenal.

A venda destas participações em joint ventures com multinacionais respeitadas internacionalmente a nível da prestação de serviços à indústria petrolífera em todo o mundo, como é o caso das Holandesa SBM e Dietsman, especializadas na manutenção de centrais de petróleo e gás e em serviços de engenharia, marca o início da saída da Sonangol da área da prestação de serviços.

A Sonangol larga igualmente a parcerias com a WAPO e Subsea 7, sendo a última com sede em Londres e registada no Luxemburgo e focada em serviços de engenharia. Ambas tiveram na fase de exploração e desenvolvimento de campos petrolíferos em Angola um papel relevante, permitindo que componentes de plataformas petrolíferas fossem produzidas localmente.