Rui Costa e Adão Costa “fora” dos planos de Artur Almeida


O Secretário-geral da FAF, Fernando Rui Costa e o Vice-presidente para as Selecções Nacionais, Adão Costa são dois dos nomes que não constam da lista de continuidade de Artur Almeida e Silva, a frente da direcção da Federação Angolana de Futebol.

Segundo o Site Claque Magazine, ciente das dificuldades em convencer o eleitorado para a continuidade na gestão do organismo reitor da modalidade no país, Artur Almeida e Silva, não tenciona contar com os suportes de Fernando Rui Costa, e Adão Costa, para a recandidatura a liderança do órgão nas próximas eleições, referente ao quadriénio 2021/2024, que Artur Almeida prevê apresentar oficialmente nos próximos meses em conferência de imprensa.

A fonte adianta que os dois dirigentes estão por trás dos momentos menos bons na gestão vigente e não se encaixam no figurino que se pretende para a sequência de projectos iniciados, com realce para a luta tendente em retirar a FAF da lista de não cumpridores da FIFA em relação a algumas normas deste organismo mundial.

A ser consumado a intenção, a lista de recandidatura de Artur Almeida e Silva vai igualmente ficar sem o presidente da Mesa da Assembleia-Geral, Mota Liz e o vice-presidente José Alberto Macaia.