Morreu Serifo Nhamadjo, ex-Presidente de transição da Guiné Bissau


Morreu ontem aos 62 anos de idade em Lisboa,Serifo Nhamadjo, que foi presidente de transição após o golpe de 2012, da Guiné Bissau, revelaram  seus familiares e fontes do seu partido, o PAIGC. Dirigente do Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), Serifo Nhamadjo foi Presidente de transição da Guiné-Bissau entre maio de 2012 e junho de 2014.

Assumiu a liderança da Guiné-Bissau naquele período para assegurar a transição na sequência de um golpe de Estado, protagonizado por militares.

Tido como homem apaziguador, Nhamadjo assumia-se como um político amante da justiça, paz e estabilidade do país.

Ficou célebre a sua postura de liderança equilibrada quando dirigiu o período de transição até as eleições presidenciais que levaram José Mário Vaz à chefia da Guiné-Bissau.

Além de militância política no PAIGC, Serifo Nhamadjo era também um fervoroso amante do futebol, tendo, inclusive liderado o Benfica de Bissau e fundado o Clube Desportivo de Mansaba, a tua terra. Foi nomeado diretor da campanha presidencial de Domingos Simões Pereira, na última corrida à chefia do Estado guineense, cargo que não chegou a ocupar devido à doença que o levou a Portugal, onde faleceu esta terça-feira.

RFI