Inflacção em Angola afecta negócios da Puma Energy


Os negócios da Puma em  África, que geraram as suas maiores receitas em 2019 (mais de US $ 5,2 bilhões, em comparação com menos de US $ 5 bilhões nas Américas), estão em  estado caótico.

Segundo o site África Intelligence, as finanças do grupo foram seriamente afectadas em 2019 pela hiperinflação em Angola.

Para melhorar a situação, nomeou recentemente o angolano Ivanilson Machado como chefe de sua subsidiária no país, a Pumangol.

Ex-chefe da subsidiária moçambicana do grupo, Machado foi substituído por Danilo Correia, o irmão mais novo do ministro da Agricultura de Moçambique, Celso Correia.

Os negócios da Puma em Maputo devem ser facilitados pelas relações estreitas de Celso com o Presidente Filipe Nyusi.