Ilhas Maurícias declaram-se livres da COVID-19


As Ilhas Maurícias declararam-se livres da COVID-19 após a recuperação total das infecções, contabilizando esta terça-feira o seu 17º dia consecutivo sem registo de novos casos, anunciou o portal noticioso Africanews. 

A página oficial da COVID-19 deste arquipélago africano indica que 322 pessoas recuperaram da doença de um total de 332 casos confirmados até agora. Desde então, 10 pessoas morreram. Em comunicado, o ministério da Saúde e Bem-Estar informou na segunda-feira que 73.572 testes da COVID-19 foram realizados, incluindo 50.077 testes rápidos e 23.495 testes de PCR.

As autoridades acrescentam que 220 cidadãos vindos do estrangeiro ainda se encontram em quarentena. Até ao momento, as Ilhas Maurícias são o único Estado livre da COVID-19 em África, enquanto o Lesotho era até hoje o único país africano a não ter registado qualquer caso.

A Eritreia, as Ilhas Seychelles e a Mauritânia têm um caso activo cada, de acordo com as estatísticas da Universidade John Hopkins, dos Estados Unidos.