Governo namibiano abre fronteiras aos angolanos


A informação está contido numa directiva emitida na última quarta-feira pelo chefe de Imigração do Ministério de Assuntos Internos, Segurança e Proteção, Nehemia Nghishekwa.

Segundo o Jornal The Namibian, a directiva foi enviada a todos os supervisores nas fronteiras, aos directores do ministério, bem como ao Inspector geral da Polícia da Namíbia, Sebastian Ndeitunga.

“Os nacionais angolanos, particularmente aqueles classificados como residentes da fronteira com a Namíbia, teriam permissão legal para entrar na Namíbia com a condição de procurar atendimento médico, o que também significaria visitar o hospital, comprar medicamentos ou ser examinado. “Os pacientes devem entrar na Namíbia e sair daí pelos pontos de entrada legalmente designados, onde os agentes de fronteira de ambos os países administrariam essas entradas e saídas”.

Nghishekwa pediu aos pacientes que possuam cartões de febre amarela e documentos de viagem válidos, como passaportes e passes de fronteira, recomendando igualmente a todos os angolanos que procuravam entrada para se apresentarem para triagem pelas autoridades de saúde fronteiriças do Covid-19 quanto a perfil apropriado e possível quarentena.

Recorde-se que governo namibiano fechou todas as fronteiras no mês passado, excepto os bens essenciais em meio ao surto de coronavírus.

A Namíbia, país que limítrofe com Angola  na parte Sul, regista 16 casos pela covid 19, 4 dos quais já recuperados.