Documentação na posse Rui Pinto não poder ser utilizada em processo penal


O Primeiro disco que Rui Pinto ajudou a Polícia Judiciária portuguesa a descodificar tem informação sobre o caso Luanda Leaks. Ex-hacker está em prisão domiciliária sem acesso à internet.

De acordo com a imprensa portuguesa,o ex-hacker está em prisão domiciliária sem acesso à internet desde abril, depois de ter acordado colaborar com a Justiça de forma a desencriptar os 10 discos externos que as autoridades judiciárias portuguesas apreenderam na Hungria.

Segundo o Observador,  depois de ajudar a Polícia Judiciária a desencriptar o primeiro disco a Justiça tem nas mãos um grande número de informações sobre o caso Luanda Leaks. Apesar dessa documentação que estava na posse Rui Pinto não poder ser utilizada diretamente em nenhum processo penal português — por constituir prova proibida por ter sido acedida de forma ilícita — a mesma poderá ajudar a Política Judiciária e o Ministério Público a encontrar outras provas por via legal.