Calado Show revela que os seus lives são dos mais vistos de Angola


Calado Show  adoptou os lives na Internet como forma de se manter activo e em contacto com os fãs nesta fase confinamento.

Segundo o Jornal de Angola, a plataforma em que  actua a partir de casa é o Instagram, todas as quartas-feiras. Em perfeita analogia com as suas saudosas “Quartas Quentes”, actualmente denominadas “Quartas Quentes Lives”.

“Felizmente estou a conseguir sair de casa virtualmente, todas as quartas-feiras, a partir das 21 horas”, revela, acrescentando que os seus lives “são dos mais vistos de Angola”.

O confinamento, na sua opinião, aguça a criatividade. “Vou buscar tudo, trabalho com tudo, com os momentos bons e maus. Já desenvolvi temas como o comportamento do marido com a mulher, dos pais com os filhos, da mulher que está a alimentar o marido para ele ficar bebucho depois da quarentena, dos maridos que estão a prometer, finalmente, casar com as respectivas esposas...”

Apesar dessa circunstancial adaptação ao formato virtual, a arte de Calado Show nutre-se mesmo é da presença física do público, que enriquece o seu processo de criação ao estimulá-lo a fazer improvisações. “É mesmo uma adaptação, tanto é assim que depois da quarentena vou voltar ao formato físico. A vantagem dos lives é que a plateia virtual é mesmo global”. O artista já chegou a atingir, num dos seus lives, as 30 mil visualizações.

Calado Show, que se considera um “despertador de empatias”, afirma que os artistas, em todo o mundo, com os seus lives, estão numa cruzada contra a covid-19, contribuindo com a sua arte para amenizar os espíritos. “O meu desejo é que todos nós saiamos dessa pandemia como pessoas muito melhores”, expressou em entrevista ao Jornal de Angola.