BP Angola apoia produção de máscaras nas comunidades


A BP Angola fez hoje um financiamento inicial de $50.000,00 para apoiar a produção e distribuição de máscaras faciais de algodão, ajudar empresas locais, criar e executar uma campanha de conscientização para apoiar comunidades em risco em alguns municípios de três províncias.

Segundo um comunicado a que tivemos acesso, a iniciativa baseia-se no compromisso da multinacional inglesa em  apoiar os esforços do Governo de Angola para impedir a propagação do COVID-19.

O projecto visa fornecer máscaras à comunidades para ajudá-los a fomentar boas práticas de higiene e cumprir com a inicitativa do Governo de limitar a transmissão comunitária do COVID-19.

O projecto irá revitalizar alfaiates locais, que foram severamente afectados pela pandemia e enfrentam desafios sem precedentes para ganharem as suas vidas, pelo fecho dos seus negócios devido às medidas de distanciamento social. Por meio dessa iniciativa, a bp fornecerá tecidos a alfaiates seleccionados que produzirão entre 250 e 300 máscaras diariamente para serem distribuídas gratuitamente às comunidades com maior risco de infecção do COVID-19.

O primeiro orfanato a ser benificiado será o orfanato feminino Horizonte Azul, que irá receber cinco máquinas de costura e formação para que possam produzir máscaras faciais para distribuição gratuita nas comunidades carentes em Luanda e arredores.

 “A bp Angola está muito orgulhosa em lançar este projecto que vai apoiar os esforços do Governo de Angola ao fornecer máscaras feitas por organizações locais de caridade (particularmente o orfanato Horizonte Azul, que é um lugar especial para nós) às comunidades em risco, com grandes necessidades de actividade económica e capacitação”, disse Stephen Willis, presidente regional da bp Angola.

Sergio Calundungo, consultor da JMJ, acrescentou: “É gratificante fazer parceria com a bp para implementar este projeto que ajudará a salvar a vida das pessoas e proporcionará a oportunidade para algumas pequenas empresas voltarem ao trabalho. Acreditamos que essa iniciativa fará uma grande diferença no esforço do Governo no combate à propagação da pandemia do COVID-19”.

A Halo Trust e o JAM, duas ONGs internacionais que operam no Huambo e em Benguela, estão também a participar para apoiar os esforços de distribuição de máscaras faciais para as comunidades carenciadas.

Sobre a bp Angola

A bp Angola é operadora dos blocos 18 e 31 em águas profundas da costa de Angola e tem participação nos blocos 15, 17, 20 e no projeto Angola LNG no Soyo.

Angola é uma das principais regiões essenciais do portfolio da bp para exploração e desenvolvimento de hidrocarbonetos e uma parte importante da actividade do grupo bp na exploração e produção em águas profundas. A bp Angola tem uma área total de mais de 32.600 km2 em Angola.


Até à data, a bp Angola já investiu mais de cem milhões de dólares Norte Americanos em projectos sociais nas áreas de educação, desenvolvimento empresarial e capacitação em saúde, segurança ocupacional e meio ambiente.