Aos 85 anos, Judi Dench é a mulher mais velha a ser capa da Vogue


Aos 85 anos, a multi galardoada Judi Dench é a capa da edição de junho da Vogue Britânica. Uma imagem que faz história. Segundo o Observador, a atriz é assim a mulher mais velha a aparecer na capa da revista de moda mais importante do mundo, fundada em 1892 e que hoje se desdobra em mais de 20 países.

Com uma produção feita pouco tempo antes do confinamento obrigatório, no início de março, Dench, sete vezes nomeada aos Óscares e vencedora na categoria de Melhor Atriz Secundária em 1999, pelo filme “A Paixão de Shakespeare”, foi fotografada por Nick Knight e entrevistada por Giles Hattersley. O primeiro usou as redes sociais para descrever “uma pessoa absolutamente maravilhosa em todos os sentidos”. O segundo, recordou o dia passado na casa da atriz, em Surrey, acompanhado de chá e champanhe.

Já com a pandemia a afetar o continente europeu, Judi Dench partilhou um saldo positivo. “A parte boa é que as pessoas ficaram mais conscientes da situação dos que estão completamente sozinhos. Se houver bondade a surgir disto, então já é uma vantagem”, indicou a atriz britânica de 85 anos, que pela primeira vez apareceu na capa da Vogue. Atualmente, por pertencer a um grupo de risco, Dench encontra-se em isolamento.

Com Judi a abordar “a vida, o amor e a quarentena” a próxima edição da Vogue Britânica chega às bancas, mas também numa versão digital na próxima quinta-feira. Sob este pretexto, a revista partilhou um vídeo da atriz a responder a perguntas de outras figuras públicas. Sam Smith, Charlize Theron, Reese Witherspoon, Ian McKellen, Kate Moss, Laverne Cox e Daniel Craig, entre outros, participaram no envio de questões espontâneas.

A edição protagonizada por Dench, que tem também o título de dama, é histórica, mas, no passado recente, foram várias as estrelas acima dos 60 que surgiram em capas da Vogue. Aos 62 anos, Meryl Streep foi a cover girl da edição de janeiro de 2012. Em 2013, um novo recorde — uma Tina Turner de 73 anos apareceu na capa da edição holandesa da mesma revista. Lauren Hutton igualou a proeza e assumiu o papel principal da Vogue em 2017, também aos 73 anos. A única diferença é que a ex-manequim soma já mais de 40 capas da Vogue.